Uma Morte Qualquer

Dir. Juliana Sanson
Montagem e cor: Aristeu Araújo
Produção: Fabulário Filmes

73min, Fic, Brasil, 2018

Depois de presenciar a morte de uma mulher em um assalto, Túlio percebe que nunca perdeu ninguém que amava, nunca chorou ou sofreu a ausência de outro ser humano. Tentando descobrir o que esse sentimento representa, ele mergulha em situações em que a morte de alguém é iminente. Ironicamente, o desejo de presenciar o fim de uma vida qualquer, o aproxima de sua própria existência, revelando sua fragilidade e incapacidade de se conectar com seus próprios sentimentos.